Do Pedro Mexia

“A mim primeiro e a ti depois

Há pactos suicidas entre amantes (Kleist e Henriette Vogel). Há homens tresloucados que assassinam a mulher e depois se suicidam. Eu sou incapaz de actos tão sublimes ou tão trágicos. Fico-me pelo verso de Reininho: «mato-me primeiro e a ti depois».”
O Pedro Mexia é um gênio e o blog Estado Cívil é um blogue que devo ler todos os dias pela inspiração e pela troça…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s