Carta à Alliere Custodio

Minha querida Alliere,
Hoje é um dia especial. São curiosos os dias especiais porque eles se contam nos dedos e, estão espalhados imensidão dos 365 dias do ano. Os dias normais parecem ser uma repetição constante. É como se vivêssemos todos os dias o mesmo dia, como se estivéssemos parados no tempo. Os dias especiais – como o aniversário de amigas – são os actos. Jacques Lacan, o psicanalista francês, considerava que os atos, numa vida e na história coletiva, são raros. De fato, o que domina a vida e a história é a repetição.  Os dias que se destacam desta repetição.
Bom Alliere, vou ser direto agora. Eu dou-te meus parabéns pelo seu aniversário. E desejo que você tenho um ótimo dia, cheio de atos e tal… desejo que você fique tão feliz quanto eu com seu aniversário. Muito anos de vida, muita felicidade. Álcool também. Muita saúde e essas coisas.
Alliere fez tão pouco tempo que nos conhecemos, mas parece que somos amigos de infância. Não sei se você sente o mesmo. Mas como bom leitor de Cesare Pavese eu não vou me alongar muito, aliás vou citar o porquê disso: “a arte da vida consiste em esconder às pessoas mais queridas a alegria pessoal de estar com elas, senão acabamos por perdê-las”.
Pedro Possebon, Santo André, 29 de Novembro de 201
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s